segunda-feira, 22 de outubro de 2007

Ezequias, um rei de fé.

O rei Ezequias foi o 13º Rei de Judá.
É considerado um dos maiores reis de Judá por causa da sua confiança em Deus e sua dependência d'Ele. Ezequias, que seguiu o exemplo do seu brilhante antepassado, o Rei Davi, teria começado a reinar com 25 anos de idade e governou por 29 anos, a partir de 715 a.C.
Sua mãe chamava-se Abi, filha de Zacarias.
Ezequias era um homem de muita fé. Guardava os mandamentos da lei mosaica e exortava o povo a desviar-se do pecado e se aproximar de para Deus.
No início do seu reinado, Ezequias reparou e purificou o templo. Reintegrou os sacerdotes e levitas ao seu ministério, e restaurou a celebração da Páscoa (II Crônicas 29:3 e 30:5). Além disso, combateu a idolatria em Judá proibindo o culto aos deuses pagãos, determinando também que fosse destruída a serpente de bronze construída na época de Moisés, pois o povo estava adorando-a. E, devido à sua obediência, a Bíblia relata que Deus trouxe paz ao seu reino enquanto cuidou do templo providenciou a adoração adequada.
De acordo com a Bíblia, Ezequias, ao ser confrontado pelo rei da Assíria, Senaqueribe, orou a Deus e foi salvo do cerco de Jerusalém( por volta do ano 701 a.C.), em que um anjo teria exterminado cento e oitenta e cinco mil soldados assírios durante a noite.
Após a expulsão dos assírios, Ezequias experimenta um novo milagre também relatado na Bíblia. Tendo adoecido gravemente, o profeta Isaías veio lhe dizer que iria morrer. Não se conformando, Ezequias pôs-se a orar e Isaías retorna com outra mensagem de Deus informando um acréscimo de mais 15 anos à vida do rei. E, como prova do cumprimento dessa palavra, Deus deu um sinal a Ezequias, fazendo atrasar dez graus a sombra do relógio solar construído por Acaz.
Tendo se recuperado, Ezequias cometeu um sério equívoco ao mostrar os seus tesouros aos mensageiros da Babilônia. Devido a isso, Ezequias foi advertido pelo profeta Isaías, prevendo o futuro cativeiro dos judeus, o que ocorreu numa invasão de Nabucodonosor, no reinado de Jeoaquim.


Resquícios do muro construído em Jerusalém por Ezequias, como proteção ao ataque de Senaqueribe.

Resquícios do muro construído em Jerusalém por Ezequias, como proteção ao ataque de Senaqueribe.


OBS: O QUE ESTA SUBLINHADO TEM LIGAÇÃO DIRETA COM A WIKIPÉDIA.



1 comentário:

Anónimo disse...

O nome da mãe de Ezequias era Abia,está digitado Abi